Texto -A +A

Uso correto de antibióticos

Saúde e Bem-estar

O uso correto de antibióticos é fundamental para prevenir a resistência bacteriana e evitar efeitos colaterais severos.
Publicidade

Os antibióticos são medicamentos usados no tratamento contra doenças causadas por bactérias, tais como pneumonias e infecções odontogênicas. Eles são capazes de destruir esses organinos patogênicos e também impedir a sua multiplicação. Entretanto, apesar de serem medicamentos extremamente importantes, podem causar sérios danos se não usados corretamente.

Uma das principais consequências do uso inadequado de antibióticos é a resistência bacteriana. Esse processo ocorre quando bactérias resistentes, ou seja, que não são mortas por determinado tipo de antibiótico, são selecionadas. A exposição frequente a antibióticos, por exemplo, pode facilitar a aquisição de mecanismos de resistência bacteriana, levando ao surgimento das chamadas superbactérias.

A resistência bacteriana tem se tornado um grave problema de saúde pública, mas não é o único prejuízo causado pelo uso indiscriminado de antibióticos. Várias pessoas que fazem uso do medicamento de maneira incorreta ou sem recomendação médica sofrem com as reações colaterais desse produto. Alguns antibióticos possuem ação tão forte que podem atacar os rins, os músculos, o coração, o sistema gastrointestinal, o fígado, a pele, a audição e até mesmo o sistema nervoso central, promovendo confusão mental, depressão e alucinações.

Assim sendo, os antibióticos devem ser usados com cautela. Veja a seguir algumas dicas de como utilizá-los de maneira adequada:

Utilize-os apenas se houver recomendação pelo médico ou dentista. Não aceite as indicações de amigos, parentes ou de balconistas de farmácia;

Se um antibiótico foi utilizado por um amigo que apresentava sintomas semelhantes aos que você apresenta, isso não quer dizer que o medicamento terá o mesmo efeito em você;

Obedeça rigorosamente aos horários de ingestão dos antibióticos;

Obedeça à dosagem recomendada pelos médicos e dentistas. Doses maiores não garantem um cura mais rápida;

Ao se sentir melhor, não interrompa o tratamento. A ingestão do antibiótico deve durar o tempo determinado pelo médico ou dentista, mesmo que os sintomas já tenham acabado. Esse ponto é extremamente importante, pois, ao interromper o tratamento, o paciente deixa vivas as bactérias mais resistentes, contribuindo para selecionar essas cepas;

Não faça uso simultâneo de bebidas alcoólicas e antibióticos. Alguns desses medicamentos, tais como o metronidazol e o tinidazol, podem causar vômitos, náusea, dores de cabeça e até a morte caso sejam utilizados juntamente ao álcool;

Não utilize antibióticos ou qualquer outro medicamento que esteja com a data de validade vencida;

Doenças virais não são curadas com o uso de antibióticos, sendo assim, esse medicamento não é recomendado para gripe, por exemplo.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Publicidade

Dica de Português

Enem 2017

Enem

Baleia Azul

Baleia Azul

Por que vacinar?

Atualidades