Texto -A +A

Saúde bucal

Saúde e Bem-estar

Muitas pessoas não se preocupam com a saúde bucal, entretanto, cuidar da boca é fundamental para garantir um eficiente processo de digestão e até mesmo eficiência na fala.
Publicidade

A saúde bucal é um assunto bastante importante e muitas vezes ignorado por grande parte da população, principalmente crianças e adolescentes. Quem não conhece uma criança que odeia escovar os dentes, não é mesmo? E quantas pessoas você conhece que usam o fio dental diariamente?

O que vemos, normalmente, é uma negligência com a saúde da boca. De acordo com o Conselho Federal de Odontologia, cerca de 27% das crianças de 18 a 36 meses apresentam pelo menos um dente com cárie. Na faixa etária de cinco anos, mais da metade das crianças possui o problema. A questão é ainda mais preocupante nos adolescentes com idade entre 15 e 19 anos. Nessa faixa etária, pelo menos 90% dos indivíduos já enfrentaram cárie em pelo menos um dente.

Qual a importância de termos uma boa saúde bucal?

Muitas pessoas pensam que ter uma boca saudável é fundamental apenas para garantir uma boa aparência, um sorriso bonito e um hálito puro. Entretanto, isso não é verdade. Uma boca saudável é essencial, por exemplo, para garantir uma boa mastigação dos alimentos e conseguir um processo de digestão eficiente. Além disso, os dentes ajudam também na articulação de palavras, sendo fundamentais, portanto, no processo da fala.

Quais sinais indicam que a sua boca está com problemas?

Alguns sinais indicam que a sua saúde bucal está comprometida de alguma forma, sendo necessário, nesses casos, procurar um odontologista. Entre os principais problemas, podemos destacar:

  • Mau hálito;

  • Gosto ruim na boca;

  • Sangramento nas gengivas;

  • Feridas na boca;

  • Recuo ou retração da gengiva;

  • Dor de dente;

  • Sensibilidade;

  • Dores ao mastigar.

Como posso ter uma saúde bucal adequada?

Para isso, é necessário ter alguns cuidados básicos. Veja alguns deles:

  • Escovar bem os dentes após as refeições: Escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia, após as principais refeições. Isso impede a formação de placa bacteriana, que pode causar gengivite e cárie, por exemplo;

  • Utilizar o fio dental todos os dias: O uso do fio dental ajuda a retirar a placa bacteriana localizada entre os dentes e próximo à gengiva, local onde a escova geralmente não alcança;

  • Utilizar creme dental com flúor: O creme dental ajuda a limpar os dentes, prevenindo diversos problemas, como a cárie, placa, tártaro, gengivite e mau hálito. Além disso, os cremes dentais com flúor ajudam a proteger e fortalecer os dentes;

  • Ter uma alimentação saudável: Uma pessoa que se alimenta de alimentos ricos em açúcares e amido cria o ambiente perfeito para a multiplicação de bactérias. Esses organismos apresentam relação direta com a cárie;

  • Evitar cigarros: Além de aumentar riscos de câncer de pulmão e enfisema, o cigarro pode causar problemas como o câncer de boca, doença periodontal (infecção da gengiva e ossos ao redor dos dentes), mau hálito e pigmentação dos dentes;

  • Consultar sempre um odontologista: Esse profissional, além de fazer uma análise de toda a saúde bucal, fornecerá dicas valiosas a respeito da higiene bucal, mostrando os locais onde a boca merece mais cuidados.

Lembre-se sempre de que a saúde bucal é essencial e de que a prevenção é a melhor forma de evitar problemas mais graves.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Publicidade

Dica de matemática

Vagas remanescentes

FIES

Atualidades

Curiosidades

Você Sabia?