Texto -A +A

Ministério da Saúde inicia mobilização contra a obesidade em escolas

Saúde na escola

Publicidade

Começou nesta segunda-feira, 5 de março, a Semana de Mobilização Saúde na Escola, um dos projetos que fazem parte do Programa Saúde na Escola, do Ministério da Saúde. Até sexta-feira, 9, mais de 22 mil escolas públicas de 1.938 municípios brasileiros recebem especialistas da área da saúde que farão avaliações nutricionais em cerca de 5 milhões de estudantes com idade entre 5 e 19 anos. O projeto ocorre todos os anos e o tema de 2012 é “Prevenção da obesidade na infância e na adolescência”.

Durante a Semana de Mobilização Saúde na Escola, os profissionais do programa irão desenvolver práticas educativas de promoção, prevenção e avaliação das condições de saúde, como: pesar e medir os alunos; calcular o Índice de Massa Corpórea (IMC); promover palestras com alunos e professores; e fornecer orientações nutricionais aos familiares dos estudantes.

Lanche

O horário de lanche nas escolas é uma das preocupações do programa. Para a Coordenação de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, os pais devem evitar colocar nas lancheiras dos seus filhos alimentos como bolachas recheadas, sucos industrializados, biscoitos, salgadinhos e refrigerantes, pois possuem pouco valor nutritivo e altos índices de açúcar, sódio e gorduras. “É melhor optar pelo suco da fruta natural ou uma porção de fruta, cortando o alimento em pedaços para facilitar o manuseio da criança” – aconselha a coordenação.

A Semana de Mobilização Saúde na Escola quer alertar aos alunos, pais e diretores que o ambiente escolar pode contribuir para a formação de maus hábitos alimentares, por isso se deve ter o cuidado com o que vender nas cantinas, o que colocar na lancheira e o que servir para os alunos, no caso das escolas que servem o lanche. Para reforçar a prevenção da obesidade na infância e na adolescência, o Ministério da Saúde também está incentivando a inclusão da educação alimentar na grade curricular das escolas.

Dados

Segundo a Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), realizada entre 2008/2009 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), uma em cada três crianças com idade entre 5 e 9 anos estão com peso acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. A mesma pesquisa mostra que um em cada cinco adolescentes com idade entre 10 e 19 anos foram diagnosticados com excesso de peso. O Ministério da Saúde quer diminuir esses índices através de campanhas preventivas e constantes, evitando que o problema da obesidade acompanhe os jovens até a fase adulta.

Por Adriano Lesme

Publicidade

Pleonasmos Viciosos

Está Chegando!

Enem

Dinossauros

Você Sabia?

Curiosidades