Texto -A +A

Diabetes — Cuidados com a saúde

Saúde na escola

O paciente com diabetes deve ter alguns cuidados com a saúde, como praticar atividades físicas e cuidar da dieta.
Publicidade

O diabetes é uma doença crônica que atinge pessoas de diferentes faixas etárias em todo o mundo. Estima-se que somente no Brasil existam mais de 13 milhões de pessoas com a doença, o que equivale a aproximadamente 6,9% de toda a população. Diante do crescente número de portadores do diabetes, é fundamental que todos saibam como viver com a doença.

Antes de citar alguns cuidados que o diabético deve ter, é importante entender do que se trata a doença. O diabetes é ocasionado pela falta de insulina no corpo ou pela ineficiência do organismo em utilizar esse hormônio. É importante lembrar que a insulina controla a quantidade de glicose no sangue; logo, problemas na sua ação fazem com que os níveis de glicose no sangue tornem-se altos (hiperglicemia) e prejudiquem o funcionamento adequado do corpo, causando, inclusive, danos em alguns órgãos.

Para evitar complicações decorrentes do diabetes, é importante ter bastante cuidado na rotina diária, evitando comportamentos que afetem diretamente a saúde. Veja a seguir alguns cuidados que o paciente com diabetes deve tomar para se manter saudável:

Como conviver com o Diabetes?

→ Procurar um médico para que ele passe um plano alimentar adequado. Normalmente, recomenda-se a ingestão de fibras, pois elas atuam no controle glicêmico, além da limitação na quantidade de carboidratos ingeridos.

→ Evite o uso de açúcar e adoçantes sempre que possível. Quando for realmente necessário adoçar, prefira adoçante.

→ A atividade física é importante para todas as pessoas; com o diabético, não seria diferente. Entretanto, pessoas com diabetes devem ter cuidados redobrados e sempre se lembrar de medir a glicemia antes de praticar uma atividade. Com valores acima de 250 mg/dl, é importante dosar os corpos cetônicos na urina, que devem estar ausentes. Em caso de impossibilidade da dosagem, o exercício não pode ser realizado. Durante o exercício, também é importante medir a glicemia após 45 min de atividade e, nesse período, é essencial repor líquidos, sais e carboidratos. Caso sinta algum mal-estar, o exercício deve ser interrompido.

→ Não fume, pois esse hábito pode gerar complicações, como o aumento dos riscos de doenças cardíacas. Vale destacar que alguns estudos sugerem que o tabagismo pode ser um fator desencadeante da doença.

→ Consulte sempre seu médico e verifique se os níveis de glicose estão de acordo com as metas estabelecidas por esse profissional. Também é importante verificar a pressão, colesterol e triglicérides.

→ Nunca se automedique, pois muitos remédios podem aumentar os níveis de glicose no sangue.

→ Nunca siga dietas que surgem na internet com o objetivo de curar o diabetes magicamente (Leia: O quiabo e o diabetes). A doença deve ser acompanhada por um médico e suas recomendações devem ser seguidas rigorosamente.

Atenção! Pacientes que não controlam adequadamente o diabetes podem sofrer com cegueira, insuficiência renal, derrame, úlceras, amputação de membros, incontinência urinária, deficiência cognitiva, entre outros problemas graves.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Publicidade

Pleonasmos Viciosos

Está Chegando!

Enem

Dinossauros

Você Sabia?

Curiosidades