Texto -A +A

Paixões na Infância

Psicologia

Publicidade

Durante a infância, as pequenas coisas vividas pelas crianças, aquelas que eles curtem com paixão, entusiasmo, podem ser de muita importância para interesse futuro, isso quando são encorajadas.

Desde o bebê, que deixa o seio para se atentar a tudo o que acontece à sua volta, a criança de dois anos que curte com prazer observar os movimentos de algum animal, a menina ou o menino de quatro que conversa com seu brinquedo, todos esses atos revelam paixão e entusiasmo durante essa fase tão gostosa, cheia de aventuras e descobertas. Quando reconhecidas e encorajadas pelos adultos que estão por perto, serve de sustentáculo, mostrando-as que estão na direção certa e fazendo com que toda paixão revele novas experiências.

A mãe ao reagir aos olhos atentos do bebê durante a amamentação, conversando, está nutrindo seu momento de paixão e proporcionado o interesse em novos estímulos.
Como existe uma curiosidade muito grande inerente a essa fase, passam de um interesse para outro, nem sempre é fácil compreender a paixão de uma criança, por isso é interessante manter um foco, observar os pequenos detalhes da brincadeira, o que lhes chamam a atenção, estimulando-as, interessando pelo que elas interessam.

Desde a fase pré-escolar as crianças manifestam talentos, e na proporção que sentem o apoio dos pais, são motivadas durante todo o decurso de seu desenvolvimento.

Evite constranger a criança com regras colocadas em momentos inadequados, como por exemplo, criticá-la, perguntado quem será o responsável por arrumar toda a bagunça, ao invés de demonstrar interesse sobre sua brincadeira.

Por Patrícia Lopes

Publicidade

Síndrome de Tourette

Saiu o Gabarito!

Enem

Você Sabia?

Mito ou Verdade?

Curiosidades