Texto -A +A

Meu filho, o que você vai ser quando crescer?

Psicologia

Publicidade

Esta pergunta vem sendo feita há gerações e respondida de acordo com os mais variados desejos (de quem? Pais, filhos, mídia...) – bombeiro, atriz, professora, modelo, jogador de futebol,...

Hoje sai com freqüência na imprensa, o ranking das 10 melhores escolas. O critério para tal classificação? O número de alunos aprovados no vestibular! Mas será que é essa a função da escola? Aprovação no vestibular?
Esse critério torna-se assustador por várias razões, mas sobretudo quando pensamos no vestibular deste país.

Mudanças são anunciadas na educação: Lei de Diretrizes e Bases; Parâmetros Curriculares Nacionais; Temas Transversais,...
Enquanto isso, índios e mendigos queimados, patrimônios pichados, ruas cheias de lixo, serviço público que não funciona, universitários e profissionais que não lêem e não escrevem; famílias escolas preocupadas com a aprovação no vestibular.

Será essa a única função da escola?
Será essa a única expectativa em relação à nossos filhos? Passar no vestibular?
Parece até que nós, adultos de hoje, não sofremos o terror do rótulo(forte, fraco,mediano), o terror do “cale-se”, o terror do decorar sem questionar, o terror do “ter medo de ser feliz”, o terror do medo de ousar, de arriscar, de sentir ...
Estamos como as antas, como nos assinala Rubem Alves em seu artigo “Boca de Forno”.
Não saímos das trilhas aprendidas apesar dos arranhões e cicatrizes na pele e na alma por medo da onça, e ainda nelas (trilhas) empurramos nossas crianças.
Onde está escrito que a escola tem que ser um lugar chato, aterrorizante, desconectando do prazer e da alegria?
Onde está escrito que aprender é decorar?
Que eu me lembre, na nossa memória de antas ou, se aprendi(?) bem a lição, esta visão de escola data do século , e nós no século XXI...
Tudo que aprendemos (?) para passar no vestibular, utilizamos na faculdade ou na vida?
É essa a escola que você quer para o seu filho?
Eu não!
Eu quero uma escola cuja função seja educar, transformar. Uma escola onde meu filho possa descobrir o enorme prazer de aprender e construir; onde possa exercer sua curiosidade e dar asas à sua imaginação, ao seu pensar, ao seu fazer.
Uma escola que possa lhe proporcionar uma visão crítica da história e aonde possa construir valores, crenças, solidariedade, cidadania, ética, responsabilidade, profissionalismo, vontade e ação política e que acima de tudo possa contribuir na transformação deste país numa Nação, mas sem nunca esquecer da alegria, do prazer e da vida!

Regina Célia de Souza

Psicologia - Brasil Escola

Publicidade

Dúvida Verbal

Inscrições abertas!

Fies

Palácios do Brasil

Curiosidades

Você Sabia?