Texto -A +A

O que é predicado?

O que é Português?

O predicado é a parte da oração que contém o verbo e que traz informações sobre o sujeito, podendo ser classificado como: verbal, nominal ou verbo-nominal.
Publicidade

A sintaxe é a parte da gramática que estuda a organização da oração. Para facilitar esse estudo, a oração (todo enunciado que possui verbo) é dividida em termos, que se classificam em: integrantes (complementos verbais, complemento nominal e agente da passiva), acessórios (adjunto adverbial, adjunto adnominal, vocativo e aposto) e essenciais (sujeito e predicado).

Os termos essenciais, sujeito e predicado, recebem essa denominação por constituírem a essência da oração, pois representam a base dos sintagmas (parte da oração). O sujeito compõe o sintagma nominal, enquanto o predicado, o sintagma verbal.

O predicado é a parte da oração em que há verbo, portanto, não existe predicado que não possua verbo ou locução verbal. O predicado é essencial para a oração, pois é esse termo que traz todas as informações sobre o sujeito. Então, para facilitar seu reconhecimento, é preciso detectar quem é o sujeito ou o vocativo, caso apareça, tudo o que restar é o predicado. No caso das orações sem sujeito, o que deve ser considerado é o processo verbal em si.

A classificação do predicado está relacionada ao tipo de verbo que o constitui, portanto, se o verbo for significativo ou nocional (verbos transitivos e intransitivos), ele será o núcleo (parte mais importante) da oração. Logo, o predicado é classificado como verbal, pois contém como parte principal o verbo. Entretanto, quando é constituído por verbo de ligação, cuja função não é ser núcleo, e sim “ponte” entre o sujeito e o predicativo do sujeito, o predicado é classificado como nominal, uma vez que quem é o núcleo desse predicado não é o verbo, e sim o nome, ou seja, o predicativo do sujeito.

Acompanhe os exemplos:

I. O amor é benigno.

II. O livro está rasgado.

III. O ônibus quebrou na Marginal Botafogo.

IV. Os vândalos quebram os bancos do estádio Serra Dourada.

Como dito anteriormente, para detectar o tipo de predicado, é essencial que se classifique o verbo que o compõe. Analisando os exemplos, percebe-se que nem todos os verbos indicam uma ação ou fenômeno meteorológico, logo não são considerados significativos, pois alguns indicam apenas o estado do sujeito, sendo, portanto, de ligação. Voltando aos exemplos, vamos classificar os predicados?

I. Predicado: é benigno. (Predicado Nominal)

II. Predicado: está rasgado. (Predicado Nominal)

III. Predicado: quebrou na Marginal Botafogo. (Predicado Verbal)

IV. Predicado: quebraram os bancos do estádio Serra Dourada. (Predicado Verbal)

Os exemplos I e II são classificados como predicado nominal, pois possuem verbo de ligação e a parte mais importante, ou seja, o núcleo, é o predicativo do sujeito, respectivamente representado pelos adjetivos: benigno e rasgado. Já os exemplos III e IV possuem verbos nocionais ou significativos. Perceba que a informação mais importante do predicado é trazida pelo verbo. É importante destacar, ainda, que embora seja o mesmo verbo (quebrar) em contextos diferentes, ele possui predicações diferentes, sendo intransitivo no exemplo III e transitivo direto no IV.

Existem predicados que, além de conter um verbo significativo ou nocional, possuem também um predicativo que pode se relacionar ao sujeito, classificando-se como predicativo do sujeito, ou pode se relacionar ao complemento verbal (objeto direto ou indireto), sendo chamado de predicativo do objeto.

Quando isso acontece, ou seja, quando no predicado há dois núcleos, um verbal e um nominal, o predicado é classificado como verbo-nominal. Veja os exemplos:

I. Os ministros do Supremo Tribunal declararam o réu inocente.

II. João voltou satisfeito.

III. O menino quebrou a cadeira amarela.

Em todos os exemplos, percebe-se a presença de dois núcleos, um verbal e um nominal, portanto, todos os predicados acima são classificados como verbo-nominal.

Sintetizando:

  • Predicado verbal: possui como núcleo um verbo nocional;

  • Predicado nominal: possui como núcleo o predicativo do sujeito;

  • Predicado verbo-nominal: apresenta dois núcleos, um nominal (predicativo do sujeito ou do objeto) e um verbal (verbo transitivo ou intransitivo).


Por Mayra Pavan
Graduada em Letras

Publicidade

Dica de Português

Vestibulares 2018

Agenda

Pleonasmos

Dicas de Física

Diretas Já