Texto -A +A

O que é morfema?

O que é Português?

O que é morfema? É a menor parte, dotada de significado, que constitui uma palavra.
Publicidade

O estudo da língua portuguesa possui diversas peculiaridades, uma vez que nossa língua materna é muito rica. Estrutura e formação das palavras é um dos conteúdos que rendem páginas e páginas de estudo.

Do latim parábola, palavra é um conjunto de sons articulados que expressam ideias e possui uma representação: a grafia. Percebemos, portanto, que esse conteúdo é repleto de aspectos a serem analisados e um deles é o que constitui as palavras: os morfemas.

Morfema é a unidade mínima dotada de significado que integra o vocábulo. Essas estruturas são partes constituintes do campo gramatical e lexical das palavras.

Morfema lexical

Essa parte da palavra também é conhecida como radical, que é o núcleo que abriga a significação externa da palavra.

Exemplo:

comer – comia – comem – comilão: com é o morfema lexical da palavra comer
trabalho – trabalhador – trabalham – trabalhoso: trabalh é o morfema lexical da palavra trabalhar.

Há palavras que não podem ser divididas em formas significativas menores porque só possuem o radical.

Exemplo:

sol, mar, ar, hoje, lápis, lua, giz, pé.

Morfema gramatical

Os morfemas gramaticais são as unidades internas de significação das palavras. Esses se juntam com o radical e indicam a classe gramatical da palavra.

- Morfemas aditivos

1) prefixo - apresenta-se antes de um vocábulo existente:

respeito → desrespeito

2) sufixo - apresenta-se após o radical ou tema de uma palavra:

planta → plantação
legal → legalmente

3) interfixo – aapresenta a união entre a raiz e o sufixo:

pedregoso pedr (raiz)
eg (interfixo)
oso (sufixo)

4) infixo - insere-se dentro de outro morfe (realização física, gráfica ou fônica de um morfema: raiz, {S} para indicar plural etc.), normalmente a raiz:

picar (radical: pic) → p-in-icar

Se entendermos que pinicar vem de picar,
notaremos a presença do infixo /-in-/.
pic (raiz)
in (infixo)

- Morfemas Subtrativos

São morfemas que têm um fonema do radical retirado a fim de marcar diferença no sentido da palavra.

Anão / anã
Órfão / órfã

- Morfema Zero

O morfema zero não é o mesmo que morfema subtrativo, uma vez que o morfema zero é a ausência de uma marca de oposição gramatical em referência a outro termo marcado, ou seja, é quando a existência de um morfema só existe graças à existência do outro.

MarØ ←Essa ausência identificando o singular é o morfema zero
Mares


Por Mariana Pacheco
Graduada em Letras

Publicidade

Poemas de Machado de Assis

Encceja

Encceja

Erros de Português

Curiosidades

Você Sabia?