Texto -A +A

O que é gás perfeito?

O que é Física?

O gás perfeito é um fluido idealizado que apresenta comportamento definido e obedece à lei geral dos gases e à equação de Clapeyron.
Publicidade

Os gases são fluidos que, diferentemente dos líquidos, ocupam todo o espaço disponível do recipiente onde estão confinados. As moléculas que compõem os gases apresentam livre movimentação e interagem entre si e com as paredes do recipiente.

O gás perfeito ou ideal é um gás idealizado, apresenta características particulares e obedece à lei geral dos gases e à equação de Clapeyron.

Características dos gases perfeitos

  1. Não há interação gravitacional entre as moléculas;

  2. As colisões entre as moléculas são perfeitamente elásticas, ou seja, há total conservação da energia cinética;

  3. As moléculas apresentam movimento desordenado e velocidades que dependem diretamente do valor da temperatura do gás;

  4. O volume próprio de cada molécula é completamente insignificante quando comparado com o volume total do gás.

Variáveis de estado

Pressão, temperatura e volume são as grandezas físicas escalares que caracterizam um gás. Essas grandezas são chamadas de variáveis de estado e mantêm entre si relações de proporcionalidade.

A lei de Boyle determina que a relação entre a pressão e o volume de um gás é inversamente proporcional. Quanto maior for a pressão sobre as moléculas, menor será o espaço ocupado por elas.

A lei de Gay-Lussac determina que a relação entre o volume e a temperatura de um gás é diretamente proporcional. Quanto maior for a temperatura de um gás, maior será a agitação das moléculas, que tenderão ao afastamento, aumentando o espaço ocupado por elas.

A lei de Charles determina que a relação entre a pressão e a temperatura de um gás é diretamente proporcional. Quanto maior for a temperatura de um gás, maior será a agitação molecular. Assim, a incidência de colisões entre as moléculas e as paredes do recipiente aumenta, tornando a pressão do gás maior.

A equação de Clapeyron sintetiza as três leis anteriormente apresentadas e determina uma única relação entre as variáveis de estado.

P = pressão do gás (atm ou N/m2);

V = volume do gás (L ou m3);

n = número de mols;

R = constante universal dos gases (0,082 atm.l/mol.K ou 8,31 J/mol.K);

T = temperatura do gás (K).

Gás ideal na natureza

A natureza não produz gases que apresentem as caraterísticas de um gás perfeito. O gás ideal é um modelo teórico e útil para a compreensão do comportamento dos gases diante das alterações provocadas em suas características.


Por Joab Silas
Graduado em Física

Publicidade

Dica de matemática

Encceja

Encceja

Curiosidades

Geografia

Você Sabia?