Texto -A +A

O que é zigoto?

O que é Biologia?

A compreensão do que é o zigoto, bem como suas principais características, é importante para o entendimento de como ocorre o desenvolvimento embrionário humano.
Publicidade

Zigoto, ou célula-ovo, é a célula formada após a união do espermatozoide (gameta masculino) com o ovócito (gameta feminino). Essa célula é responsável por formar todo o nosso organismo.

Principais características do zigoto

Podemos destacar como principais características do zigoto:

  • É uma célula diploide, pois se formou da união de duas células haploides;

  • É uma célula totipotente, ou seja, capaz de diferenciar-se em qualquer tecido do corpo, inclusive tecidos extraembrionários. É, portanto, a célula com máxima potencialidade, ou seja, com maior capacidade de diferenciação.

Como o zigoto é formado?

O zigoto é formado no processo de fecundação, em que o gameta masculino funde-se ao gameta feminino na tuba uterina. Para que esse processo ocorra, é necessário que o espermatozoide depositado na vagina da mulher entre no colo do útero e siga em direção às tubas. Até chegar à tuba, o espermatozoide nada por cerca de 2 a 7 horas.

Na tuba uterina, os espermatozoides podem encontrar o ovócito, ao qual são atraídos pelos indutores de quimiotaxia. Para que ocorra a fecundação, o espermatozoide deve passar por duas importantes fases: a capacitação e a reação acrossômica.

Na capacitação, ocorrem interações entre o espermatozoide e a superfície da tuba uterina, e o espermatozoide perde uma capa glicoproteica e proteínas do plasma seminal que se encontravam na região da membrana que está acima da região acrossômica. Na reação acrossômica, ocorre a liberação de enzimas que garantem que o espermatozoide entre na zona pelúcida.

Podemos classificar a fertilização em três etapas:

  • Penetração na coroa radiada;

  • Penetração na zona pelúcida;

  • Fusão entre a membrana celular do ovócito e do espermatozoide.

Depois que o espermatozoide penetra no ovócito, observa-se a formação de uma espécie de barreira que deixa a membrana do ovócito impermeável a outros espermatozoides. Além disso, o ovócito termina a divisão meiótica e ocorre a ativação metabólica do óvulo.

A fertilização é importante porque restaura o número de cromossomos da espécie. É importante frisar também que a determinação do sexo ocorre com a fertilização. Caso o espermatozoide que fecundou o ovócito seja X, teremos um embrião do sexo feminino; caso o espermatozoide seja Y, terremos um indivíduo do sexo masculino. Ao final do processo de fecundação, temos o zigoto formado.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Publicidade

Pleonasmos Viciosos

Está Chegando!

Enem

Dinossauros

Você Sabia?

Curiosidades