Texto -A +A

O que é febre?

O que é Biologia?

Compreender o que é febre e as variações de temperatura no corpo é fundamental para a manutenção da saúde do organismo.
Publicidade

Um dos problemas de saúde mais comuns é a febre, que é sintoma de uma infinidade de doenças. Apesar de estar associada a patologias, a febre é um fator normalmente benéfico, pois funciona como um sinal de alerta de que algo está errado.

O que é a febre?

A febre pode ser definida como um aumento da temperatura normal do corpo, que fica em torno de 36ºC e 37,4ºC. Ela é regulada por uma região do hipotálamo conhecida como centro termorregulador, que funciona como se fosse um termostato. Quando sofremos com algum problema, ocorre a elevação do ponto de termorregulação.

Quais são os valores normais de temperatura do corpo?

A temperatura do corpo difere de uma parte para outra por questões fisiológicas. Por isso, ao aferir a temperatura, é necessário entender o que acontece em cada região. A temperatura axilar, por exemplo, apresenta, em média, 36 ºC ou 36,5ºC. Já a temperatura bucal fica entre 36 ºC e 37,4 ºC. A temperatura retal, por sua vez, pode variar entre 36ºC e 37,5ºC e possui, em média, 0,5 ºC a mais que a temperatura observada na axila.

No caso das mulheres, é importante ficar atento ao ciclo menstrual, que também é um fator fisiológico importante a ser considerado. Nas semanas antes da ovulação, a temperatura é mais baixa e, na época da ovulação, chega a aumentar 0,6ºC . Essa variação pode ser verificada por aquelas mulheres que querem engravidar e necessitam conhecer seu período fértil.

É importante compreender que variações durante o dia são comuns e, portanto, devem ser consideradas ao verificar a temperatura corpórea. Considera-se o pico da temperatura do nosso corpo por volta das 18 horas, sendo comum observar variações de até 1ºC . Além disso, a realização de atividades físicas e a temperatura ambiental podem causar aumento da temperatura corpórea.

Como a febre surge em casos de doenças?

Quando algum agente patogênico entra em nosso corpo, as células que realizam fagocitose são ativadas. Elas começam, então, a produzir substâncias proteicas que estimulam a produção de prostaglandinas. São essas prostaglandinas que atuam no centro regulador do hipotálamo, levando ao aumento da termorregulação e, consequentemente, ocasionando a febre.

Como devemos medir a temperatura?

O instrumento usado para medir a temperatura é o termômetro, e o mais utilizado é o que é feito de vidro, com mercúrio em seu interior. Entretanto, existem outros tipos de termômetros, como os digitais e aqueles específicos para uso em determinada área do corpo.

Normalmente a temperatura é medida na axila, entretanto, a medição pode ser feita ainda na boca ou no reto. Para a medição nas axilas, é necessário enxugá-la para depois colocar o termômetro na região, segurando o braço firmemente no tórax por quatro minutos.

O que fazer para controlar a febre?

A febre, como dito anteriormente, é um sinal de alerta e nem sempre necessita de tratamento, uma vez que não é doença. Diante disso, o tratamento ou não da febre depende de vários fatores que devem ser conversados com o médico. Muitos pacientes, por exemplo, chegam a temperaturas elevadas, que necessitam de cuidado para evitar lesões; outros se sentem desconfortáveis com o problema, sendo necessário, nesses casos, tratá-la.

A febre pode ser controlada com medicamentos antitérmicos, como o ácido acetilsalicílico e paracetamol, bem como por técnicas não medicamentosas, como banhos e compressas frias. Vale destacar, no entanto, que mecanismos não medicamentosos não funcionam isoladamente, sendo necessário abaixar a temperatura com medicamentos antes de iniciar a realização dessas técnicas.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Publicidade

Mito ou Verdade?

Fuvest 2018

Fuvest

Operação Valquíria

Curiosidades

Você Sabia?