Texto -A +A

Dicas de Inglês: leitura para o Enem

Inglês

Com algumas dicas de leitura para o Enem, você pode aprender a concentrar seus estudos no que realmente é importante para garantir uma boa nota na prova de inglês.
Publicidade

Ao se inscreverem para o Enem, várias pessoas escolhem o idioma inglês para a prova de língua estrangeira sem o preparo adequado. Nesse contexto, no momento da realização da prova, muitos são os problemas que podem ocorrer com aquelas pessoas que não dominam o idioma. Por causa do nervosismo ou até mesmo por não compreenderem todo o conteúdo apresentado nas provas, surgem um medo e uma insegurança que, aliados ao pouco tempo destinado para a resolução de tantas questões, tornam-se os ingredientes perfeitos para uma nota catastrófica, o que pode interferir, inclusive, no resultado das demais disciplinas.

Por esse e por outros tantos motivos que podem ser os responsáveis por uma nota final nada agradável, propomos algumas dicas para ajudá-lo(a) na preparação para o Exame.

Dicas para a prova de Inglês do Enem

1) Tenha o hábito de ler gêneros textuais diversos em inglês!

Quem está estudando para o Enem sabe que as provas de língua estrangeira estão focadas na interpretação de textos. Por isso, o aluno que não tem o hábito de ler em inglês tem dificuldades quando se depara com questões de interpretação nesse idioma. A dica aqui é para que o aluno LEIA gêneros textuais diversos em inglês.

Geralmente, as provas de inglês do Enem apresentam charges, reportagens tiradas de jornais e revistas, citações de contos, entre outros tipos. Como o leque de gêneros textuais utilizados nas provas é grande, o aluno deve familiarizar-se, pelo menos, com os que são mais recorrentes. Dê uma olhada nas três últimas provas do Enem e veja quais foram os gêneros textuais mais utilizados. A partir daí, comece a ler mais para familiarizar-se com as suas características. Feito isso, na hora da prova, você estará acostumado ao tipo de linguagem utilizado em cada um deles, o que, consequentemente, facilitará sua compreensão.

2) Identifique os textos da prova!

Uma coisa leva à outra. Veja bem, uma vez que a leitura de diversos gêneros literários passou a ser um hábito, logo, você conseguirá identificá-los quando se deparar com eles! Ter a capacidade de identificar os textos na prova é uma qualidade que dá uma vantagem em relação aos concorrentes que não conseguem diferenciar as características de um texto para outro.

Quando você já sabe de que texto se trata, fica mais fácil saber como lidar com ele, isto é, que tipo de estrutura, crítica ou resposta esperar. Se for uma charge, por exemplo, ao estar habituado a esse tipo de leitura, será fácil interpretar e levantar questionamentos (qual é o tema, propósito, críticas etc.).

3) Fique por dentro dos assuntos atuais!

A prova aplicada pelo Enem, de uma forma geral, é muito contextualizada. Assim, é comum encontrarmos assuntos como política, meio ambiente e tecnologia nas questões de língua estrangeira. Isso ocorre porque, a cada dia mais, as provas estão buscando uma unificação de conteúdo e, para tal, recorrem à contextualização, o que pode fazer com que o aluno desatualizado dos acontecimentos recentes fique em grande desvantagem. Se fazer uma prova de Português com algum teor histórico ou geográfico pode ser complicado, imagine uma prova de inglês com assuntos da atualidade que você desconhece! Por isso, é de suma importância que você fique por dentro dos temas discutidos nos jornais e revistas do país e fora dele. Atualize-se sempre!

4) Entenda a ideia central do texto!

Talvez a chave para a nota máxima em língua estrangeira seja esta: Entender a ideia central do texto! Tudo em uma questão de inglês gira em torno do tema central discutido pela questão. É muito importante que o aluno consiga entender a que o texto ou enunciado refere-se. Parece a coisa mais óbvia do mundo, mas inúmeras pessoas tiram notas baixas em inglês porque não captaram a ideia central do texto. Se você não consegue identificar o tema, todas as alternativas ficarão confusas para você, pois, para quem não faz ideia do que está sendo colocado em discussão, qualquer argumento parecerá verdadeiro e correto. Lembre-se: tudo na questão está ligado ao tema principal abordado por ela, então, ache-o e foque-se nele.

5) Pratique o inglês antes da prova!

Talvez essa seja a dificuldade número 1 dos estudantes. Como a prova possui 180 questões divididas entre quatro áreas, o aluno tem vários focos de estudo. Essa realidade pode fazer com que algumas disciplinas sejam levadas mais a sério do que outras. Geralmente, o estudo da língua inglesa acaba sendo um pouco negligenciado, pois é feito apenas em momentos muito específicos de estudo. Se o aluno praticar o idioma antes da prova e não apenas nos horários destinados especificamente ao estudo, terá maior clareza e facilidade para gabaritar a prova. Ouvir músicas, diálogos, fazer leituras, escrever pequenos textos em inglês, etc., são hábitos que devem tornar-se prática para quem deseja se sair bem nas provas de língua estrangeira no Enem.

Bons estudos e boa prova!


Por Janaína Mourão
Graduada em Letras - Inglês

Publicidade

Água x Incêndios

Treineiros

Enem

PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

Dica de redação

Dica de Redação

Dica

Curiosidades do sono