Texto -A +A

Tipos de sujeito

Gramática

Sujeito simples, composto, elíptico e indeterminado: São esses os tipos de sujeito encontrados nas orações. Saber reconhecê-los é indispensável para uma boa análise sintática.
Publicidade

Para uma boa análise sintática, é imprescindível que você conheça bem todos os elementos que compõem a oração. O sujeito é um desses elementos e está entre os mais importantes da oração, já que é responsável por realizar ou sofrer uma ação verbal, designando o ser a respeito do qual se declara alguma coisa. Pode ser classificado como sujeito determinado simples, sujeito determinado composto, sujeito determinado elíptico (oculto ou desinencial) e sujeito indeterminado. Antes de partirmos para a explicação sobre cada um deles, vamos falar um pouco sobre o núcleo do sujeito.

O núcleo do sujeito é a palavra principal que forma o sujeito, isso porque ele pode ser composto por vários termos, entretanto, sempre haverá um mais importante. Observe o exemplo:

Os alunos da Escola Mario Quintana ganharam a medalha de ouro da olimpíada de matemática.

Para identificarmos o sujeito, devemos fazer uma pergunta ao verbo: Quem ganhou a medalha de ouro na olimpíada de matemática? Para essa pergunta, a resposta é clara: os alunos da Escola Mario Quintana. Identificamos, pois, o sujeito, mas qual é o núcleo desse sujeito? Quem venceu a competição: a Escola Mario Quintana ou os alunos? Sabemos que os vencedores foram os alunos, portanto, os alunos são o núcleo do sujeito.

Agora que você já sabe identificar o sujeito e o seu núcleo, ou seja, sua parte central, fique atento à explicação sobre os tipos de sujeito e bons estudos!

Saber a classificação do sujeito é importante para uma correta análise sintática
Saber a classificação do sujeito é importante para uma correta análise sintática

► Sujeito determinado simples:

O sujeito será determinado simples quando apresentar um único núcleo, ou seja, quando o sujeito for formado por uma única palavra principal. Observe o exemplo:

As crianças estão brincando na pracinha.
          ↑                                                  
núcleo do sujeito determinado simples                                       

►Sujeito determinado composto:

O sujeito será classificado como sujeito determinado composto quando apresentar dois ou mais núcleos. Observe o exemplo:

Pais, professores e alunos reuniram-se na escola no início do ano letivo.
↑              ↑             ↑                                                                       
núcleo          núcleo           núcleo                                                                       

Pais, professores e alunos = Sujeito determinado composto

►Sujeito determinado elíptico (oculto ou desinencial):

O sujeito será classificado como determinado elíptico (existem outras nomenclaturas, sujeito oculto ou sujeito desinencial) quando ele não for apresentando de maneira explícita na oração. Ele poderá ser reconhecido por meio da desinência verbal ou do contexto em que a oração é empregada. Observe os exemplos:

Como estudaremos para a prova sem os livros?

Sujeito: nós (elíptico, identificável pela desinência verbal -emos)

►Sujeito indeterminado:

Nesse caso, o sujeito de quem se fala não está determinado porque não se sabe quem praticou a ação ou porque a intenção é não revelá-lo. É possível indeterminar o sujeito por meio de duas estruturas sintáticas. Observe:

1) Oração com verbo na 3ª pessoa do plural:

Roubaram meu carro ontem.

2) Oração com verbo na 3ª pessoa do singular acrescido do pronome se:

Discutiu-se sobre o aumento do preço da gasolina.

3) Com o verbo no infinitivo impessoal:

Fumar faz mal à saúde.

É importante beber dois litros de água por dia.​


Por Luana Castro
Graduada em Letras

Publicidade

Dica de Português

Vestibulares 2018

Agenda

Pleonasmos

Dicas de Física

Diretas Já