Texto -A +A

A fonoaudiologia hospitalar e o atendimento Home Care

Fonoaudiologia

Publicidade

A fonoaudiologia hospitalar e em Home Care tem sido alvo de discussão. Surgem dúvidas da diferença entre a atuação clínica e a atuação hospitalar, bem como a metodologia de trabalho a ser aplicada, juntamente com o preparo especial para tal atendimento.
Ao se referir à fonoaudiologia hospitalar é de esclarecer que não se trata apenas de atendimento no ambiente hospitalar, mas inclusive o atendimento Home Care (tal termo é originado da língua inglesa que significa ‘cuidados em casa’) e que na prática refere-se ao atendimento domiciliar.

A Fonoaudiologia tem se consolidado e criado uma identidade própria, por se tratar de uma ciência. Mas ainda enfrenta a aceitação, em especial no ambiente hospitalar e em casa. Na verdade, o fonoaudiólogo tem seu espaço nestes ambientes, porém, é pouco reconhecido e valorizado profissionalmente.
Apesar do conhecimento de que a presença e a atuação deste profissional podem reduzir as perdas e danos que a hospitalização do paciente acarreta, as instituições não oferecem oportunidades para o profissional desempenhar seu papel contribuindo para a melhora do paciente.

A fonoaudiologia tem sido considerada como uma profissão efetiva que se integra às diversas áreas que visam à promoção da saúde do indivíduo como um todo. Partindo deste pressuposto, é fundamental esclarecer a importância desse profissional e a diferenciação do atendimento em relação ao ambiente. Por exemplo, ao se tratar do ambiente hospitalar e Home Care em comparação ao clínico a diferença não se dá pelos ambientes, mas sim, pelos procedimentos que são aplicados no momento da reabilitação, no manuseio dos equipamentos e o tipo de linguagem que é utilizada.

Profissionais que atuam no ambiente hospitalar e em home care são praticamente obrigados a aprender a manipular sondas, cânulas, traqueostomias, equipamentos (respiradores, oxímetros, encubadoras, aspiradores), sendo alguns detalhes diferenciais, frente ao fonoaudiólogo clínico.

Aos profissionais que atuam ou têm interesse em trabalhar nesta área, especificamente em atendimento hospitalar e em home care, é recomendável empenharem-se no sentido de divulgar e conscientizar os profissionais da saúde e a sociedade como um todo. Mostrar os benefícios que o profissional pode oferecer tanto à instituição quanto ao paciente, transmitindo para os colegas da profissão a importância da busca do crescimento de forma mútua, tornando a fonoaudiologia uma profissão diferenciada no sentido de propiciar uma evolução significativa no paciente.

Por Elen Cristine M.Campos Caiado
Graduada em Fonoaudiologia e Pedagogia

Publicidade

Poemas de Machado de Assis

ProUni

ProUni

Erros de Português

Curiosidades

Você Sabia?