Texto -A +A

Aerodinâmica

Física

Publicidade

A aerodinâmica estuda a atuação de forças sobre os objetos no ar. As forças aerodinâmicas atuam sobre qualquer objeto que se desloca no ar. Aviões, barcos, automóveis, qualquer que seja o móvel que se desloque no ar sofre a ação de forças aerodinâmicas. Os engenheiros se baseiam nos princípios da aerodinâmica para construir, por exemplo, os aviões.

A construção dos primeiros aviões foi possível mediante o conhecimento e estudo dos princípios da aerodinâmica. Hoje a indústria aeronáutica produz qualquer tipo de aeronave com base nesses princípios, mas eles não se aplicam somente a aviões. Os arquitetos também utilizam os princípios da aerodinâmica para projetar e construir pontes e edifícios, pois para construí-los leva-se em conta a força do ar que atua sobre eles.

Os princípios da aerodinâmica se aplicam também na indústria automobilística e na construção de objetos que se locomovem por meios que não sejam o ar, como por exemplo, os submarinos, ou seja, os princípios da aerodinâmica se aplicam também aos fluidos que não seja o ar. Desenhistas e engenheiros da indústria automobilística utilizam os princípios e buscam cada vez mais aperfeiçoar o desempenho dos automóveis.

Aerofólios


Aerofólio Traseiro

Em carros esportivos, como os de fórmula 1, os engenheiros utilizam muito os princípios da aerodinâmica para fazer com que o carro consiga ter ao mesmo tempo estabilidade e bom desempenho nas pistas, tanto nas retas quanto nas curvas. Por esses carros serem muito velozes, eles são projetados para reduzir a resistência do ar e aumentar a força vertical descendente gerada pela carroceria e seus anexos, fazendo com que eles fiquem realmente “grudados” no chão. Para tanto eles utilizam os aerofólios, as placas externas, difusores e defletores laterais como medida para reduzir a resistência do ar.

O Aerofólio é um equipamento projetado para diminuir as turbulências do ar, é muito utilizado nos carros de passeio. Alguns deles já saem de fábrica com esse equipamento, em outros casos são colocados fora da fábrica, o que segundo especialistas na área automotiva, pode gerar aumento no consumo do automóvel. Na maioria das vezes só serve para estética mesmo, pois não tem influência significativa sobre o desempenho do veículo.

Os aerofólios funcionam baseados nos mesmos princípios de funcionamento das asas de um avião. A única diferença é que as asas do avião dão sustentação, enquanto nos carros, mais precisamente nos de fórmula 1, proporcionam uma força vertical descendente que segura o carro no solo.

O funcionamento desse equipamento é uma aplicação da equação de Bernoulli. Essa equação fala da diferença de pressões do ar, fazendo com que o avião tenha sustentação e os carros fiquem grudados no chão. No caso do avião, por exemplo, a pressão do ar que passa sobre as suas asas é menor do que a pressão do ar que passa na parte debaixo, criando assim uma força de baixo para cima, sustentando o avião.

Por Marco Aurélio da Silva
Equipe Brasil Escola

Física - Brasil Escola

Publicidade

Erros Comuns na Regra de Três

Fuvest 2018

Fuvest

Danos Morais

Curiosidades

Você Sabia?