Texto -A +A

Automassagem: benefícios para o corpo e para a mente

Educação Física

Publicidade

O ato de massagear a si mesmo é uma ação de conforto pessoal, conforme a classificação de Desmond Morris, em seu livro “Você”. Ou seja, trata-se de uma ação que fazemos quase sem perceber: quando tiramos do pé um sapato apertado, quando terminamos uma prova, quando saímos cansados de uma reunião, invariavelmente apalpamos uma musculatura tensa na esperança de que o corpo retorne ao estado normal. Isso significa que o corpo físico sente e sofre as consequências dos nossos problemas psicológicos. Mas o inverso também é verdadeiro: quando temos algum problema físico, o nosso lado psicológico também sofre. E a automassagem apresenta benefícios tanto físicos quanto emocionais para o praticante. Vamos conhecê-los:

- Ativação da circulação sanguínea: melhora da oxigenação do corpo e da eliminação de impurezas;

- Diminuição das dores musculares: com a aplicação da automassagem ocorre o relaxamento da musculatura e a consequente redução das dores e dos sintomas do cansaço (fadiga muscular);

- Alívio das tensões emocionais: a prática diária da automassagem reduz as tensões ocasionadas pelos problemas diários.

A aplicação da automassagem depende de o praticante conhecer o ponto que se deseja tratar e pressionar essa região durante alguns minutos. Uma sugestão prática para a automassagem é que os pontos mais importantes a serem tratados doem quando pressionados.

A seguir serão relacionados alguns pontos que, quando pressionados, tendem a tratar alguma parte específica do corpo. Para a obtenção de uma prática mais prazerosa, esfregue bem as mãos para aquecê-las e utilize óleo de massagem.

1) Acalmar a mente: pressionar o polegar entre as sobrancelhas;

2) Relaxar a musculatura e aliviar cólicas: pressionar a parte lateral do pé e da perna (abaixo do joelho) simultaneamente;

3) Face: a pressão das têmporas auxilia na redução do estresse, alívio de dor de cabeça e melhora na qualidade do sono;

4) Alívio de dor na coluna cervical: pressionar o lado direito da nuca com dois dedos da mão esquerda. Repetir com a mão direita no lado esquerdo da nuca;

5) Corpo inteiro: pressionar firmemente o centro da sola do pé, estimulando a região com os polegares

Por Paula Rondinelli
Colaboradora Brasil Escola
Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – UNESP
Mestre em Ciências da Motricidade pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – UNESP
Doutoranda em Integração da América Latina pela Universidade de São Paulo - USP

Educação Física - Brasil Escola

Publicidade

Pleonasmos Viciosos

Fique esperto!

Enem

Dinossauros

Você Sabia?

Curiosidades