Texto -A +A

Atletas brasileiros que conquistaram ouro em Olimpíadas

Educação Física

Os atletas brasileiros que conquistaram ouro em Olimpíadas foram muito prestigiados à épocas das conquistas, mas nem todos ficaram na nossa memória.
Publicidade

Apesar de não ser um país que tenha conquistado um número expressivo de medalhas em Jogos Olímpicos, o Brasil tem uma trajetória importante nesse evento. De um total de 108 medalhas, os brasileiros conseguiram conquistar 23 de ouro (o restante corresponde a 30 de prata e 55 de bronze), sendo a primeira de 1920, nas Olimpíadas da Antuérpia. Veja a relação de todas elas e dos respectivos atletas responsáveis pela conquista:

  • 1920: prova de tiro

Foi nas Olimpíadas da Antuérpia (Holanda), realizadas em 1920, que Guilherme Paraense (1884-1968) conquistou o primeiro ouro olímpico para o Brasil, em uma prova de tiros. Paraense era tenente do Exército Brasileiro e ficou em primeiro lugar na modalidade de tiro com pistola rápida.

  • 1952 e 1956: atletismo (salto triplo)

A segunda e a terceira medalha de ouro foram conquistadas pela mesma pessoa: Adhemar Ferreira da Silva. Ademar era representante do atletismo, e as duas medalhas de ouro vieram do êxito na prova de salto triplo. A primeira foi conquistada nos Jogos de Helsinque (Dinamarca), em 1952, e a segunda, nos Jogos de Melbourne, na Austrália, em 1956.

  • 1980: vela (tornado e 470)

Depois dos feitos de Adhemar, o Brasil ficou seis Olimpíadas sem ganhar medalha de ouro. Só em 1980 duas duplas de velejadores ganharam novamente medalhas de ouro para o Brasil. O fato ocorreu nos Jogos de Moscou, na então União Soviética. As duplas eram Eduardo Penido e Marcos Soares (modalidade 470) e Alexandre Welter e Lars Bjöhkström.

  • 1984: atletismo (800 metros)

Nos jogos seguintes, realizados em Los Angeles, Estados Unidos, foi a vez do velocista Joaquim Cruz conquistar mais um ouro olímpico para o Brasil no atletismo, na modalidade de 800 metros.

  • 1988: judô

Nos Jogos de Seul (Coreia do Sul), foi a vez do primeiro judoca brasileiro conquistar uma medalha de ouro. O feito foi realizado por Aurélio Miguel, que competiu na modalidade de -95 kg, isto é, meio-pesado.

  • 1992: judô e voleibol masculino

Nos Jogos de Barcelona (Espanha), novamente o judô trouxe uma medalha de ouro para o Brasil, dessa vez com Rogério Sampaio, na modalidade -65 kg. Além de Rogério, a seleção brasileira masculina de vôlei de quadra também ficou no topo do pódio. Os atletas titulares eram: Amauri, Pampa, Carlão, Douglas, Giovane, Janelson, Jorge Edson, Marcelo Negrão, Maurício, Paulão, Talmo e Tande.

  • 1996: vela (laser e Star) e vôlei de praia

Nas Olimpíadas de Atlanta, Estados Unidos, a vela e o vôlei novamente trouxeram medalhas de ouro para o Brasil. Na vela, os protagonistas foram Robert Scheidt, que navegou na modalidade laser, e a dupla Marcelo Ferreira e Torben Grael, na modalidade Star. No vôlei, prevaleceu a dupla feminina de vôlei de praia, Jaqueline Silva e Sandra Pires.

  • 2004: vela (laser e Star), hipismo, vólei de praia e voleibol masculino

Nos Jogos de Atenas, novamente Robert Scheidt, na modalidade laser, e a dupla Marcelo Ferreira e Torben Grael, na modalidade Star, conseguiram mais medalhas de ouro para o Brasil na vela. Além disso, tivemos também a conquista do ouro na modalidade de salto individual em hipismo por Rodrigo Pessoa; ouro também com a dupla masculina de vôlei de praia Emanuel Rego e Ricardo Alex Santos; e, por fim, ouro com a seleção masculina de vôlei de quadra, cuja equipe era constituída por: Anderson, André Nascimento, André Heller, Dante, Giba, Giovane, Gustavo, Maurício, Nalbert, Ricardo, Rodrigão e Sérgio.

  • 2004: Medalha Pierre de Coubertin para Vanderlei Cordeiro de Lima

Na mesma Olimpíada de Atenas, um fato curioso ocorreu com o maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima. Ele estava prestes a terminar a prova e conseguir o ouro para o Brasil, mas foi interrompido por Cornelius Horan, ex-padre irlandês que estava entre os expectadores. Vanderlei, atordoado, ainda conseguiu chegar em 3º e conquistar a medalha de bronze. Um tempo depois, o comitê olímpico concedeu a ele a maior honraria da organização: a Medalha Pierre de Coubertin.

  • 2008: atletismo, natação e voleibol feminino

Nos jogos seguintes, realizados em Pequim (China), foi a vez da seleção brasileira feminina de vôlei de quadra conquistar o ouro para o Brasil. A equipe era constituída por Carol, Fabi, Fabiana, Fofão, Jaqueline, Mari, Paula Pequeno, Sheilla, Sassá, Thaisa, Valeskinha e Walewska. Além dessa conquista, tivemos também o ouro do nadador César Cielo, na modalidade 50 metros livre, e da saltadora Maurren Maggi, na modalidade salto em distância.

César Cielo conquistou a medalha de ouro na modalidade 50 metros livre
César Cielo conquistou a medalha de ouro na modalidade 50 metros livre**

  • 2012: voleibol feminino, judô, ginástica (argolas)

Em 2012, nos Jogos de Londres (Inglaterra), novamente a seleção brasileira feminina de vôlei de quadra conseguiu o ouro. Dessa vez a equipe era composta por: Fabiana, Dani Lins, Paula Pequeno, Sheilla, Adenízia, Thaisa, Fernandinha, Jaqueline, Tandara, Natália, Fabi e Fernada Garay. Além dessa conquista, tivemos também o sucesso da judoca Sarah Meneses, que levou o ouro na modalidade ligeiro (-48 kg), e do ginasta Arthur Zanetti, que também ficou com o ouro na modalidade de argolas.

*Créditos da imagem: Shutterstock e lazyllama

**Créditos da imagem:  BrunoRosa e Shutterstock.com


Por Me. Cláudio Fernandes

Publicidade

Água x Incêndios

Inscrições

ProUni

PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

Dica de redação

Dica de Redação

Dica

Curiosidades do sono