Texto -A +A

Circulação do meio patrimonial e o fenômeno ambiental natural

Economia e Finanças

Publicidade

De rara importância é o conhecimento sobre a causa motora da velocidade do meio patrimonial na empresa. Há ¨n¨ causas que atuam diariamente no patrimônio da célula social e uma delas é a necessidade de compra da mercadoria pelo consumidor. Quanto mais intensa for esta necessidade, de compra e sua efetivação, maior a velocidade da rotação do estoque desse produto e, assim, pressiona a produção da indústria desse meio patrimonial. Aumenta a compra, aumenta a velocidade da circulação do produto e cresce a produção do mesmo na indústria.

Uma intempérie (tempestade – fenômeno ambiental natural) na região criou a necessidade no cliente de (telhas, brasilit, cunheiras, zinco etc.) e, com isso, aumentou a compra e a rotação de estoques destes produtos, chegando a faltar à mercadoria na região pelo aumento tempestivo da procura dos produtos referidos. Os estoques desses meios patrimoniais foram vendidos de uma forma inédita e chegando a faltar o produto em algumas cidades da região pelo aumento da procura dos produtos referidos. Observou-se, também, um aumento de preços nos meios patrimoniais. ¨A venda de materiais como telhas teve um aumento de até 500% em algumas das lojas pesquisadas pelo Cooperjornal. Uma loja informou que em tempos de movimentação normal, a venda era em torno de duas mil telhas por mês. Nessa mesma loja, de quinta feira até à tarde de 6a. feira havia vendido cerca de 10.000 telhas, isso em virtude de um fenômeno ambiental natural¨. (Ver Cooperjornal, Três de Maio, Reportagem especial, pg. 6, 10.11.07). Observa-se, mais uma vez, a influência ambiental exógena na mutação patrimonial, matéria essa que tratei em meu livro o Patrimônio e as influências ambientais, Reas, Três de Maio, 2003.

Poderia citar inúmeros fenômenos ambientais que tangem o patrimônio e o transforma diariamente. Por exemplo: O aumento do calor causa maior consumo de refrigerante, água, cerveja, sorvete, picolé etc. O aumento do frio aumenta o consumo de vinho, aguardente, graspa etc. Aumentando-se, assim, a rotação do estoque desses meios patrimoniais. A falta de energia elétrica (luz) causa a procura de vela, lanterna, pilha etc. Quanto maior for o consumo do produto maior será a velocidade de rotação do estoque dessa mercadoria. O mesmo se dá na Física, quando maior a aceleração de um motor de um carro em movimento maior será a velocidade do carro.

Há transformação constante do patrimônio da célula social por ¨n¨ influências ambientais (causa motora) sejam elas endógenas ou exógenas. O fenômeno ambiental natural é exógeno por ser ele externo a célula social e de difícil controle pelo administrador da empresa. A força externa que atua sobre o capital da empresa e cria fenômeno patrimonial deve ser observado e analisado visando à eficácia, e assim, a prosperidade patrimonial.

Werno Herckert
Membro da Academia Brasileira de Ciências Contábeis.
Membro da Associação Científica Internacional do Neopatrimonialismo.
http://brasilescola.uol.com.br/equipe/werno-herckert.htm

Publicidade

Dica de Português

Abre dia 29

SiSU

Pleonasmos

Dicas de Física

Diretas Já