Texto -A +A

22 de Setembro — Dia Mundial Sem Carro

Datas Comemorativas

O Dia Mundial Sem Carro, celebrado em 22 de setembro, é uma iniciativa popular que vem se difundindo no mundo para diminuir a poluição e efetivar a mobilidade urbana.
Publicidade

Com o crescimento da urbanização e da industrialização nas sociedades do mundo todo, difundiu-se em grande parte o uso do automóvel como meio principal de locomoção. As pessoas utilizam esse instrumento para o deslocamento entre diferentes lugares, muitos deles distantes entre si. Dessa forma, o carro tornou-se parte integrante de nossas vidas, de forma que, para muitos, é difícil pensar a vida sem ele.

Esse aumento na utilização de automóveis, se facilita a vida de um lado, acarreta problemas por outro, pois aumenta o consumo de combustíveis e, consequentemente, gera mais poluentes para a atmosfera, principalmente o gás carbônico (CO2). Esse gás é considerado por muitos cientistas um dos principais responsáveis pela intensificação do efeito estufa e o agravamento do aquecimento global.

Em razão desse problema, foi criado o Dia Mundial sem Carro, celebrado em 22 de setembro. O primeiro país a comemorar essa data foi a França, no ano de 1997. A partir daí, gradativamente vários outros lugares passaram a celebrá-la, principalmente em razão da atuação de grupos ambientalistas e também de ativistas que lutam também por uma melhor mobilidade urbana. Nos anos 2000, várias nações europeias já haviam difundido essa prática, inclusive com a Jornada Internacional “Na Cidade, sem meu Carro”, criada pela União Europeia.

No Brasil, desde 2001, movimentos ambientalistas e cicloativistas colocam a prática do Dia Mundial sem Carro em atividade, não tão somente deixando o uso do automóvel, mas promovendo incentivos para que as pessoas utilizem meios alternativos de deslocamento nas cidades, principalmente com o uso da bicicleta para percorrer certas distâncias. Com isso, além de emitir menos poluentes na atmosfera, também há a promoção da mobilidade urbana, o que proporciona uma melhoria na qualidade de vida para a população.

O excesso de veículos gera poluição e prejudica a mobilidade urbana
O excesso de veículos gera poluição e prejudica a mobilidade urbana

Dessa forma, o principal objetivo do Dia Mundial sem Carro, como o seu próprio nome indica, é estabelecer um dia em que as pessoas apenas utilizem os seus automóveis em caso de real necessidade, procurando o uso de transportes de massa ou de bicicletas. A depender do caso, vale também ir a pé, quando as distâncias são menores. Com isso, espera-se que as pessoas emitam menos poluentes oriundos dos meios de transporte.

É claro que, no nosso cotidiano, o uso da bicicleta no lugar do carro não depende exclusivamente de uma escolha pessoal, é necessária também uma política pública que incentive essa mudança. Assim sendo, a construção de ciclovias ou ciclofaixas, além de bicicletários públicos, seria um modo de incentivar o uso desse meio de transporte, diminuindo a presença de automóveis nas ruas em um grau significativo, sobretudo nas áreas centrais, onde o fluxo de veículos é bastante acentuado e o trânsito costuma ser caótico.

Outra medida para promover a diminuição de carros nas ruas – afinal, é esse o principal objetivo do Dia Mundial Sem Carro – é o combate à individualidade. Assim, ao invés de haver uma pessoa para cada carro nas ruas e avenidas das cidades, estimula-se o transporte coletivo e até a prática da carona, cada vez menos em uso. Para isso, além de se fazer campanhas, é necessário estabelecer melhorias nos sistemas de transporte público que, no Brasil, encontram-se em um patamar muito baixo de qualidade em praticamente todas as cidades do país.

O uso do carro no nosso dia a dia é, sem dúvidas, importante. Podemos nos deslocar rapidamente em casos de extrema necessidade e urgência, além de poder transportar uma grande quantidade de coisas. Porém, se, sempre que possível, optarmos por outras formas de deslocamento, estaremos contribuindo por uma sociedade melhor em vários aspectos, do social ao cultural, do político ao econômico, incluindo até mesmo a diminuição do nível de estresse no trânsito.


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Publicidade

Erros Comuns na Regra de Três

Fuvest 2018

Fuvest

Danos Morais

Curiosidades

Você Sabia?